Institucional

Av. Caribe, 184. Tel: (15) 3031.1517

Pároco

Pe_WilsonPe. Wilson Roberto da Silva nasceu na Rua Aparecida, na Vila Porcel, em Sorocaba, no dia 9 de outubro de 1964. Filho de Jorge da Silva (in memorian) tecelão da antiga Fábrica Santa Rosália e Maria Josefina Dotto da Silva, microempresária do ramo de confecção, é o segundo filho, tendo como irmãos, Jorge Humberto, Clóvis e Maria do Carmo.
Passou sua infância na Vila Porcel, entre os tradicionais bairros de Vila Progresso e Santa Rosália.

Realizou os primeiros estudos no antigo colégio do SESI, na Santa Rosália. Depois deu continuidade nas escolas “Cirilo Freire”, “Ezequiel Machado do Nascimento” e “Júlio Bierrambach”, também no mesmo bairro. Em seguida cursou Contabilidade na Organização Sorocabana de Ensino, a OSE. Com quinze anos teve o primeiro registro na carteira profissional, trabalhando num escritório contábil como auxiliar de escritório. Dois anos antes de entrar no seminário trabalhou de auxiliar de contabilidade na Volvo do Brasil.

Depois de discernir vários anos sobre o chamado para a vocação religiosa, entrou no dia 11 de fevereiro de 1987 para o Seminário de Filosofia “São Carlos Borromeu”, ainda quando este era na Avenida Dr. Eugênio Salerno, no expressivo prédio onde hoje se encontra o Campus Seminário da Universidade de Sorocaba (Uniso). Três anos mais tarde foi cursar Teologia na Faculdade Nossa Senhora da Assunção, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, capital.

Depois de concluir os estudos filosóficos e teológicos foi ordenado Diácono, no ano de 1993, quando auxiliava como seminarista os serviços pastorais da Paróquia São José do Cerrado, na Avenida General Carneiro. Dali foi transferido para a cidade de Itapetininga para ser o futuro vigário da Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres, hoje atual Catedral da Diocese de Itapetininga.

Foi ordenado padre em 24 de abril de 1994, na Paróquia Santa Rosália, pelo saudoso Dom José Lambert, terceiro bispo diocesano e primeiro arcebispo de Sorocaba. Depois de ordenado sacerdote continuou desenvolvendo seus trabalhos pastorais na vizinha Itapetininga.

Em janeiro de 1995, foi transferido para Sorocaba, como pároco da Paróquia São José Operário, na Vila Progresso, onde atuou por 15 anos, estruturando pastorais, criando novas comunidades, entre elas, Santa Filomena (Jardim Abaeté), São Judas Tadeu (Jd. Dois Corações) e São Tiago (Ibiti do Paço). Como pároco da São José Operário inaugurou a nova igreja Nossa Senhora Medianeira, no Jardim Iguatemi, a Nossa Senhora do Carmo, no Jardim Maria do Carmo e iniciou a construção da igreja Divino Espírito Santo, no Jardim Saira, além de reestruturar e embelezar todas as depedências da matriz de São José Operário.

Em 21 de março de 2009 assumiu os trabalhos de coordenação pastoral da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Campolim, com as comunidades da Sagrada Família, na Vila Jardini e a Dom Bosco, no Jardim Magnólia.

Além de sacerdote é também jornalista formado pela Universidade de Sorocaba. Fez jornalismo a convite de Dom José Lambert, que o designou para ser o coordenador arquidiocesano da Pastoral da Comunicação. Atuou com o empresário sorocabano já falecido José Luis de Carvalho na vinda do sinal retransmissor da Rede Vida de Televisão a Sorocaba. Logo depois, foi nomeado por dom Lambert para criar um jornal para a arquidiocese e ser o diretor responsável. Foi a partir daí que nasceu o Jornal Terceiro Milênio (Informativo Mensal da Igreja Católica em Sorocaba e Região), onde permaneceu até o início de 2009, dirigindo o jornal por 11 anos.

Horário das Missas: Matriz e Comunidades

Matriz - Nossa Senhora de Fátima
Avenida Caribe, 184 Campolim

Terça a Sexta: 19h30
Sábado: 18h
Domingo: 9h30 e 18h

Comunidade Sagrada Família
Rua Curupaiti, 138 (Vila Jardini)

Domingo: 8h e 19h30

Comunidade São João Bosco
Rua Adolfo Claro de Almeida, 275
(Jd. Magnólia)
Domingo 11h